Pensando de Maneira Teo-referente: Curtas conclusões do módulo de Cosmovisão Reformada

As mãos da escritora suavam minutos antes do espetáculo começar. Seus olhos marejados pela emoção da estréia percorriam o teatro lotado. Era tanta gente que ela mal podia enxergar a senhora de aparência jovem totalmente distraída em seus pensamentos, lembrando-se da menina-moça desajeitada tentando esconder atrás dos óculos, o rosto coberto de acne.
Após o término da peça, a senhora, com sua touca vermelha, estendeu a mão para cumprimentar a autora que foi aplaudida de pé durante longos minutos.
– Evidências de uma cosmovisão.
A escritora sorriu sem entender, mas fingiu que entendeu. E ao ver que a senhora  esperava uma resposta indagou:
– O que disse?
– Evidências de sua cosmovisão.
– Como assim?
– De uma perspectiva teo-referente você refletiu sua cosmovisão no espetáculo.
Aquelas palavras não faziam sentido para a autora. Pobre senhora! Andava muito empolgada com seus estudos teológicos. Assim como eu!
Pensar de maneira teo-referente é considerar Deus como ponto último de referência para tudo. É considerar que todos os homens possuem uma matriz religiosa fundamental e inata em seus corações. Essa matriz foi afetada pela queda por isso o homem vive em rebelião contra Deus.
Quando o homem é regenerado por Deus, através do sacrifício de Cristo na cruz, essa matriz religiosa caracteriza-se pelo amor e submissão a Deus.
À essa matriz religiosa outras matrizes são adicionadas e a cosmovisão (visão de mundo) de uma pessoa vai sendo construída de forma que ela influencia e é influenciada pelo meio.
Todos os pensamentos e atos de um indivíduo vão refletir sua visão de mundo e o que está no mais profundo de seu coração.
Um coração regenerado pela Palavra e pelo Espírito deve ser consistente com a vontade de Deus em seus pensamentos e ações.
Um coração ainda rebelde irá refletir prioritariamente suas intenções pecaminosas, porém de maneira inconsistente, para a glória de Deus, e por sua graça comum, refletirá “momentos de verdade”.
Foi assim na peça assistida pela senhora. Alguns momentos de verdade em cada ato, porém permeados pelo ídolo da beleza que habitava o coração da escritora desde a mais tenra idade.
fabiano_blog
Para saber mais: Leia o artigo do Professor Fabiano Oliveira.
OLIVEIRA, Fabiano de Almeida. Reflexões Críticas Sobre Weltanschauung: Uma análise do processo de formação e compartilhamento de cosmovisões numa perspectiva teo-referente. São Paulo: Fides Reformata, Vol. XIII, n.1, 2008. 17p.

Anúncios

4 comentários on “Pensando de Maneira Teo-referente: Curtas conclusões do módulo de Cosmovisão Reformada”

  1. joston diz:

    Ivonete, não esqueça,a limonada na sua casa será em breve. Estamos aguardando vc definir a data para eu ir visita-la com minha turma. O chato de sempre….Jóston

  2. BIBI diz:

    Quantas vezes, no caminho falta luz,
    e tudo que queremos é saber a direção do próximo passo.
    Quantas vezes, os meus sonhos não passam de sonhos,
    sem expectativa alguma.
    Quantos são os obstáculos,
    pensamos em desistir de tanto cansaço e desânimo.
    Quantas lágrimas que distanciam a felicidade,
    parecendo que nossos caminhos nunca vão se cruzar.
    Quanto tempo a espera de respostas?
    Quanto tempo gastamos energia buscando soluções?
    Quantas pessoas procuramos, e quantos incapazes achamos?
    Sou chamado por Filho de Deus. E quantas vezes o Pai parece distante?
    Não somos super-heróis pelo título e pelo Pai que temos ao lado.
    Não temos todas as soluções. Não temos nervos de aço.
    Não deixamos de chorar porque somos especiais demais para sofrer.
    Somos gente. Aprendizes e discípulos de Deus.
    Descobrimos que se falta luz em nosso caminho,
    é para que aprendamos a ser menos dependentes.
    Se os meus sonhos parecem distantes, é para que eu tenha a certeza se realmente eles são importantes pra minha vida.
    Se os obstáculos são muitos, é para descobrirmos enfim a intensidade da força e da perseverança que temos.
    Se lágrimas caem, é para sabermos em quantos ombros eu posso me confortar.
    As respostas só são encontradas por aqueles que se dispõem a percebe-las pela voz tácita de Deus. Somos um nada, mas temos um Todo que vela por nós, sem limitações. E que traz à existência o absurdo.
    Somos obra de Suas Mãos.
    E precisamos aprender que Seu amor nos ensina, e com sacrifícios, que a Sua vontade é soberana, é perfeita, é boa e agradável.
    Somos tratados com tudo que há de melhor em Deus.
    E tudo que precisamos fazer, é deixar-se ir. Aprender com Ele é não se dominar, e se perder, e se deliciar sob o domínio de quem sempre sabe o que faz.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s