Natal III

Carta de um Pai

Como cresceu esse menino. Pés gordinhos correm descalços.
Ele sempre será o meu menino, apesar de ser quem é.
Carinhoso. Meu filho me olha como pai, mas seus olhos espertos olha o mundo diferente. Seu estilingue não acerta pássaros, desde novinho, ele admira tudo ao seu redor.
Chorão, não pode tropeçar que sai correndo, limpa as lágrimas e o nariz ranhento, com o rosto sujo nas vestes de sua mãe. Meu menino. Como será quando ele crescer? Meu coração se enche de esperança e de medo. Coisa de pai, talvez.

Continue lendo no blog do Gito

Carta ao Aniversariante

Olá Jesus, tudo bem?
Parabéns adiantado. Daqui alguns dias é seu aniversário.
Acredito na sua ressurreição, por isso te parabenizo. Mas, o que me deixa intrigado, na verdade, é a sua encarnação.

Continue lendo no blog do Gito

Anúncios

One Comment on “Natal III”

  1. Lorelay diz:

    Que texto maravilhoso!!!
    Pena que quase ninguém se lembra do verdadeiro aniversariante.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s